Domingo, 20 de Agosto de 2017
Pesquisa no site:

Artigos




Sucesso para nossos ex-alunos!

Giselle Dutra (do G1 CE) (23/11/2011)

Clique aqui para ler o artigo original

'Quero fazer carreira em SP', diz jovem do CE que quer economia na USP

Adolescente diz estar 'empolgado' com possível mudança de cidade.

Iago estuda cinco horas por dia para o vestibular da Fuvest.

Iago de Macedo, 17 anos, viajou no último domingo (20) de Fortaleza para São Paulo na expectativa de mudar sua vida completamente ao tentar uma vaga no curso de Economia na Universidade de São Paulo (USP). "Estou muito empolgado, é uma cidade diferente, onde eu quero construir minha carreira", afirma o estudante, que mora com os pais na capital cearense. Neste domingo (27), o jovem vai fazer a prova da Fuvest em São Paulo, onde está hospedado na casa de uma tia.

Para o adolescente, a distância da família e dos amigos, além do fato de ter de se virar sozinho numa megalópole, caso passe, não é o principal desafio neste momento. "O principal é minha carreira. A faculdade é a melhor e o mercado de trabalho é mais interessante. No futuro, pode ser que eu volte, mas acho que vou ficar por lá mesmo", vislumbra.

Antes de pensar em prestar economia na USP, Iago pensou em fazer medicina e direito. Mas ao ter contato com livros de economia e ao observar a conjuntura no Brasil e no mundo se convenceu de que era o que ele queria. "São coisas que eu gosto mesmo. Acho que é um bom momento, como o Brasil e o mundo estão", explicou.

Cinco horas de estudo

Para conseguir o objetivo, o jovem passa a manhã na escola e ainda estuda cerca de cinco horas em casa. O que sobra do dia é para descansar a cabeça. "É para o lazer. A pessoa não pode ficar estressada".

Ele explica que manteve a rotina mesmo depois de prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não deixou de fazer as atividades de que gosta, como jogar e assistir futebol, jogos de computador e a atenção à namorada. "à noite, assisto um filme e durmo. Nos finais de semana eu deixo livre porque divido o tempo. A discilpina é a coisa mais importante para quem vai fazer vestibular".

Concorrência

"Já olhei a concorrência. É 11 para uma vaga. Não é dos mais concorridos, é normal. A nota de corte são 48 questões na primeira fase", explica. O adolescente nem mesmo fez a primeira fase do teste, mas já se preocupa com a segunda fase. "É um pouco mais complicada. Mas eu passei por colégios muito bons e minha preparação é boa. Eu não precisei aprender tudo em um só ano", diz confiante.

Ele aproveita ainda para, na semana seguinte, fazer a prova da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e durante a semana quer curtir a cidade de São Paulo. "Minha namorada vai ficar por aqui. Eu vou voltar ainda este ano. Então, está tudo bem".

A prova

A primeira fase do vestibular da Fuvest será aplicada neste domingo (27). São 61 locais na Grande São Paulo e 53 no Interior do Estado de São Paulo, totalizando 114 pontos. A chegada à escola deverá ocorrer até 12h30, o exame começa a partir das 13h. Não serão admitidos retardatários.

A prova conterá 90 questões de múltipla escolha. A segunda fase vai de 8 a 10 de janeiro. Outras provas de habilidades específicas ocorrem de 11 a 13 de janeiro. O resulltado sai em 4 de fevereiro, com matrícula em 8 e 9 de fevereiro.




Comentários


Nenhum comentário

Inserir comentário

Copyright 2011 - Colégio Oliveira Lima - Todos os Direitos Reservados
REFFER